Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > FAQ - Processo seletivo UAB 2018/2
Início do conteúdo da página

Perguntas Frequentes - Processo seletivo UAB 2018/2

Publicado: Terça, 14 de Agosto de 2018, 17h23 | Última atualização em Quinta, 16 de Agosto de 2018, 12h25 | Acessos: 3963
Licenciaturas: Pedagogia e Formação Pedagógica – EPT do IFSUL nos Polos UAB

1. O que são os cursos?

A Licenciatura em Pedagogia é um curso superior que tem como objetivo geral a formação de professores da Educação Infantil, nos anos iniciais do Ensino Fundamental e em cursos de Educação Profissional e Tecnológica na área de serviços e apoio escolar, bem como em outras atividades nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.

A Licenciatura: Formação Pedagógica é um curso superior que destina-se a profissionais graduados, não licenciados (tecnólogos e bacharéis), capacitando-os para o exercício do magistério na Educação Profissional Técnica de Nível Médio, de acordo com os Eixos Tecnológicos do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT).

2. Quem poderá se inscrever nos cursos ?

Será permitida a inscrição no curso de Licenciatura em Pedagogia de pessoas que possuem o ensino médio ou já graduadas em uma licenciatura, e para o Curso de Formação pedagógica para quem já possui graduação, para tal devem seguir as orientações constantes no edital nº 135 e 136/2018, respectivamente.

3. Qual é a formação exigida para cada curso?

Para o curso de Licenciatura em Pedagogia, é necessário ter o Ensino Médio completo, sendo também permitida a inscrição de quem já tem formação no ensino superior em outra área e deseja obter outro título de graduação, desde que respeitada a documentação exigida no edital.
Para o Curso de Licenciatura em Formação Pedagógica, é necessária a formação em um curso superior completo, independente de ser Tecnólogo ou Bacharelado.


4. Quais são as datas de inscrição, resultados, etc.?

Para informações sobre o cronograma de atividades de cada uma das duas seleções, verifique as tabelas correspondentes em cada um dos editais.

5. Como acessar o currículo e a duração dos cursos?

É possível verificar sobre currículo, carga horária e outros dados através do projeto pedagógico de cada curso, contidos nos links abaixo:

Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia (clique aqui).

Projeto Pedagógico do Curso de Formação Pedagógica para Graduados não Licenciados (clique aqui).


6. Quais são os documentos para a matrícula?

Para a realização da matrícula no Curso de Licenciatura em Pedagogia é necessário verificar a documentação necessária contida no anexo 5 do edital nº 135/2018.
Para a realização da matrícula no Curso de Formação Pedagógica  é necessário verificar a documentação necessária contida no anexo 5 do edital nº 136/2018. Importante: Somente será aceito provisoriamente como substitutivo do Diploma de Graduação, um atestado oficial da instituição declarando a conclusão do curso e a colação do grau.


7. Como serão as aulas presenciais?

As aulas ocorrerão às sextas e/ou sábados, no turno vespertino e/ou noturno, conforme cronograma de encontros presenciais a ser divulgado previamente ao início de cada semestre letivo.

 

8. Como verificar a aderência de minha formação de Curso Superior de Tecnologia com os Eixos Tecnológicos dos Catálogos Nacionais de Cursos da SETEC (CNCT e CNST)?

Para o Curso de Licenciatura: Formação Pedagógica para Graduados não Licenciados o campo de estágio docente do graduado se dará nas disciplinas dos Cursos Técnicos de Nível Médio disponíveis na região de abrangência do Polo de Oferta. Os Cursos Técnicos de Nível Médio organizam-se em Eixos Tecnológicos conforme o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), disponibilizado pela SETEC/MEC para download no site http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=52031/.

Desta forma, somente serão aceitas as inscrições dos candidatos que possuam Curso Superior de Graduação (Bacharelado, Licenciatura ou Curso Superior de Tecnologia) que tenha aderência e correlação com, pelo menos, um dos Eixos Tecnológicos listados para o Polo de Oferta.

Caso você tenha concluído seu Curso Superior de Tecnologia e precise verificar qual o Eixo Tecnológico que sua formação se enquadra, será necessário verificar no Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNST), com 134 denominações de Cursos Superiores de Tecnologia, agrupados em 13 eixos tecnológicos, disponibilizado pela SETEC/MEC para download no site http://portal.mec.gov.br/catalogos-nacionais-de-cursos-superiores-de-tecnologia

Caso o nome do seu Curso Superior de Tecnologia não conste na listagem atual, verifique na última seção do CNST, via Tabela de Convergência (pag. 159), qual a denominação atual do seu CST e em qual Eixo Tecnológico ele se enquadra.

Na Tabela de Convergência do CNST apresentada não há uma relação biunívoca entre denominações existentes e a denominação proposta no catálogo. Por exemplo, a denominação “Web Design” figura com possibilidade de convergência tanto para a denominação “Design Gráfico” quanto para “Sistemas para Internet”. Assim, apenas a partir de uma análise pessoal sobre a possibilidade de conversão, apresentada em face do perfil do egresso do seu curso, o candidato poderá decidir entre uma ou outra denominação.

Os Eixos Tecnológicos no qual o seu Curso Superior de Tecnologia se enquadre deverá ser comparado com os Eixos Tecnológicos listados para o Polo de Oferta:

  1. a) POLO UAB CAMARGO:
  • Controle e Processos Industriais
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  1. b) POLO UAB CONSTANTINA
  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  • Recursos Naturais
  1. c) POLO UAB PANAMBI
  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  • Produção Industrial
  • Recursos Naturais
  1. d) POLO UAB PICADA CAFÉ
  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Informação e Comunicação
  • Produção Industrial
  1. e) POLO UAB SÃO LOURENÇO DO SUL
  • Ambiente e Saúde
  • Controle e Processos Industriais
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura
  • Produção Alimentícia
  • Produção Cultural e Design
  • Produção Industrial
  • Recursos Naturais
  1. f) POLO UAB SOBRADINHO
  • Controle e Processos Industriais
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  • Produção Alimentícia
  • Recursos Naturais
  1. g) POLO ASSOCIADO UAB CÂMPUS GRAVATAÍ
  • Informação e Comunicação
  • Controle e Processos Industriais
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  • Produção Cultural e Design
  • Produção Industrial
  • Turismo, Hospitalidade e Lazer
  1. h) POLO ASSOCIADO UAB CÂMPUS VENÂNCIO AIRES
  • Controle e Processos Industriais
  • Gestão e Negócios
  • Informação e Comunicação
  1. i) POLO ASSOCIADO UAB CÂMPUS PASSO FUNDO
  • Controle e Processos Industriais
  • Informação e Comunicação
  • Infraestrutura

 

9. Como verificar a aderência de minha formação de Bacharelado ou Licenciatura com os Eixos Tecnológicos dos Catálogos Nacionais de Cursos da SETEC (CNCT e CNST)?

Para o Curso de Licenciatura: Formação Pedagógica para Graduados não Licenciados o campo de estágio docente do graduado se dará nas disciplinas dos Cursos Técnicos de Nível Médio disponíveis na região de abrangência do Polo de Oferta. Os Cursos Técnicos de Nível Médio organizam-se em Eixos Tecnológicos conforme o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), disponibilizado pela SETEC/MEC para download no site http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=52031/.

Desta forma, somente serão aceitas as inscrições dos candidatos que possuam Curso Superior de Graduação (Bacharelado, Licenciatura ou Curso Superior de Tecnologia) que tenha aderência e correlação com, pelo menos, um dos Eixos Tecnológicos listados para o Polo de Oferta.

Contudo, os cursos de Bacharelado e Licenciatura não possuem um catálogo nacional próprio. Caso você tenha concluído seu Bacharelado ou Licenciatura e precise verificar qual o Eixo Tecnológico que sua formação mais se aproxima, será necessária sua análise pessoal do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNST), comparando seu curso com as 134 denominações de Cursos Superiores de Tecnologia, agrupados em 13 eixos tecnológicos, disponibilizado pela SETEC/MEC para download no site http://portal.mec.gov.br/catalogos-nacionais-de-cursos-superiores-de-tecnologia

Para auxiliar na linha de raciocínio a ser construída, exemplificamos dois casos:

CASO 1 - O candidato é bacharel em Administração e, portanto, não consta diretamente no CNST. Entretanto, sua graduação de Administração estaria mais relacionada ao Eixo Tecnológico Gestão e Negócios do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNST).

Contudo, os campos de estágio disponíveis, para a região do Polo XXXX, estão dentro dos Eixos Tecnológicos: Controle e Processos Industriais, Informação e Comunicação e Infraestrutura.

Desta forma, iremos analisar o caso dentro da perspectiva de Casos Omissos, ou seja, analisaremos posteriormente a sua inscrição sobre a viabilidade de termos disciplinas, passíveis de estágio docência nos Cursos Técnicos na região do Polo XXXX, que tenham aderência com a sua formação de graduação (Administração).

Sugere-se que faça a sua inscrição e selecione o Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais, visto que o mesmo possui em seu rol de CSTs, o Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Processos Industriais que dá algum indício de familiaridade com seu curso de graduação em Administração. Na região do Polo XXXX, no Campus YYYY, temos no Curso Técnico de Mecânica a disciplina de “Gestão Empresarial e Relações Humanas no Trabalho”, que parece indicar uma possibilidade de campo de estágio. Mas, reiteramos que uma análise definitiva somente será realizada posteriormente a inscrição dentro da perspectiva de Casos Omissos.

 

CASO 2 - O candidato é bacharel em (Ex.: Direito, Jornalismo) e, portanto, não consta diretamente no CNST. Da mesma forma, seu curso de graduação em (Ex.: Direito, Jornalismo) parece não apresentar aderência direta com os referidos Eixos Tecnológicos que oportunizem campo de estágio docência nos cursos técnicos existentes no Campus ZZZZ.

Contudo, caso deseje efetuar sua inscrição, iremos analisar o caso dentro da perspectiva de Casos Omissos, ou seja, analisaremos posteriormente a sua inscrição sobre a viabilidade de termos disciplinas, passíveis de estágio docência nos Cursos Técnicos na região do Polo ZZZZ, que tenham aderência com a sua formação de graduação (Ex.: Direito, Jornalismo).

 

CASO 3 - O candidato é bacharel em Direito e, portanto, não consta diretamente no CNST. Contudo o candidato atesta que leciona numa Escola Técnica particular dentro de um curso técnico de Contabilidade, em uma disciplina de Legislação e Normas.

Desta forma, o candidato já dispõem de um local para estágio docência e leciona uma disciplina em curso técnico.

Sugere-se que o candidato faça a sua inscrição e selecione o Eixo Tecnológico Gestão e Negócios, visto que o mesmo possui em seu rol o curso técnico de Contabilidade, que apresenta indícios de familiaridade com seu curso de graduação em Administração.

Entretanto, visto que no Polo Associado UAB Campus , não está listado o referido Eixo Tecnológico que oportunize campo de estágio docência, será indispensável que o candidato indique junto ao Eixo Tecnológico, indicado por ele no Anexo 4 (TABELA DE PONTUAÇÃO E ESTÁGIO DOCENTE), o nome da disciplina, do curso técnico e da Escola Técnica onde leciona. Mas, reiteramos que uma análise definitiva somente será realizada posteriormente a inscrição dentro da perspectiva de Casos Omissos.

 

CASO 4 - O candidato é bacharel em Engenharia Mecânica e, portanto, não consta diretamente no CNST. Entretanto, sua graduação em Engenharia Mecânica estaria mais relacionada ao Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia (CNST).

Sugere-se que o candidato faça sua inscrição para o Polo/Campus com campos de estágio docência disponíveis dentro do Eixo Tecnológico Controle e Processos Industriais.

Contudo, uma análise definitiva somente será realizada posteriormente a inscrição dentro da perspectiva de Casos Omissos.

 

Fim do conteúdo da página